logo

Prefeitura de São José dos Quatro Marcos

Notícias e informações sobre os trabalhos da Prefeitura Municipal de São José dos Quatro Marcos - MT.
ouvidoria@saojosedosquatromarcos.mt.gov.br
3251-1955 / 3251-2110

Atendimento das 07:00 as 13:00

Tel.: 3251-1955 / 3251-2110

 

Quatro Marcos debate impactos sociais e mantém esperança de reabertura do frigorifico

         A repercussão do encerramento das atividades da planta industrial do frigorífico JBS Friboi de São José dos Quatro Marcos motivou o prefeito do município, Carlos Roberto Bianchi e o vice-prefeito Ronaldo Floreano dos Santos, a provocar uma audiência publica, que foi realizada na quarta-feira, 14, com a presença de autoridades politicas municipal, estadual e federal, Tribunal Regional do Trabalho, Ministério Público do Trabalho e o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Alimentação.

        O prefeito Carlos Bianchi abriu os trabalhos propondo ao diretor da empresa JBS, Marcelo Zanata a reativação da unidade, e também a instalação de uma indústria no município para agregar melhor a matéria prima.  “Vejo a JBS Friboi como uma empresa de grande importância para nosso município, e precisamos de sua reativação e que analise um planejamento futuro de além de abater o gado, também se industrialize aqui em nosso município os produtos produzidos pelo grupo JBS”.

         A Desembargadora Dra. Elinei Veloso, representante do Tribunal Regional do Trabalho, afirmou que o TRT vem olhando com muita preocupação o desenrolar do fechamento das unidades frigorificas no estado de Mato Grosso, em especial a unidade de Quatro Marcos. “É preocupante o fechamento, pois o desemprego gera exclusão social, redução da capacidade de consumo, diminuição da condição de cidadania e a perca de relacionamento social. Nós não só julgamos, mas estamos construindo ações afirmativas, ouvindo a sociedade, vendo as consequências que geraram o fechamento da unidade para podermos buscar alternativas de uma reabertura ou reinserção dos trabalhadores no mercado de trabalho”.

         O Procurador Chefe do Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso Dr. Fabrício Gonçalves de Oliveira, reiterou que a propriedade privada tem seus direitos garantidos, mas não um direito absoluto, pois a mesma constituição que a garante diz também da função social. “O trabalho humano tem que ser valorizado. As demissões em massa feitas pela empresa JBS Friboi em Quatro Marcos, teria de ter sido realizado de forma clara. Nesse caso, foi se ajuizado uma ação civil pública, por entender que foi ilegal a dispensa dos trabalhadores, já que não houve negociação coletiva prévia. Esperamos que até o dia 30 de julho a JBS Friboi formule uma proposta de retomada das atividades na unidade  em Quatro Marcos”.

        O vice-prefeito Ronaldo Floreano dos Santos externou a preocupação social com o desemprego ocasionado pela paralização da unidade da JBS Friboi no município. “Estamos num momento difícil, nunca presenciei tantos pedidos de quitação de contas de energia”. O vice-prefeito disse ainda estar temeroso com a possibilidade de fechamentos de novos postos de trabalho no município.

        Marcelo Zanata, diretor da empresa JBS, frisou a importância da audiência pública para discutir a situação atual e as dificuldades em que atravessa as empresas do setor frigorífico com a falta de bovinos no mercado . “Estamos vivendo um momento de colapso geral onde as empresas do ramo estão fechando dia a dia, estamos trabalhando com a capacidade ociosa em 30%”. Afirmou.

         O presidente do Sindicato Rural de Quatro Marcos e vice-presidente da Regional da FAMATO, Alessandro Casado contrapôs os dados da JBS Friboi, afirmando que o rebanho bovino da região Oeste teve uma evolução muita grande nos últimos 10 anos, atingindo cerca de 29 milhões de cabeças de bovinos. “Pelo estudo do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária foi colocado que em 2016 ultrapassaríamos a capacidade de abate nos frigoríficos da região, agora com o fechamento de frigoríficos em Quatro Marcos e Mirassol D’Oeste, e com um novo estudo feito pelo IMEA, a capacidade de abate será ainda maior”.

         Diante dos dados apresentados por Alessandro Casado, foi questionada ao diretor da empresa JBS, Marcelo Zanata, sobre possibilidade de reabertura da unidade da Friboi em Quatro Marcos, caso seja constatado, após novos estudos do IMEA, uma melhora quantitativa no rebanho bovino da região oeste de Mato Grosso. O diretor do JBS Friboi afirmou que seria possível.

        Dra. Renata Quartim, responsável pelo jurídico da JBS Friboi acenou a possibilidade da reabertura, mas sem criar falsas perspectivas, “a empresa tem a intenção de retomar as atividades em Quatro Marcos, não temos um prazo, até por conta de questões de falta de matéria-prima levantadas pelo Marcelo Zanata. A intenção existe, mais ainda não conseguimos precisar e criar uma expectativa que retornaríamos em 12 ou 18 meses, sem ter a certeza se as condições estarão propicias. Teríamos sim um compromisso de estudar a viabilidade e apresentar uma proposta. Temos um prazo até dia 30 de julho em uma ação ajuizada no Ministério Publico do Trabalho”, finalizou.

Arquivos

Arquivo Formato Ação
10-edital-n-002-2015-da-saude. pdf Baixar | Abrir