logo
logo

Prefeitura de São José dos Quatro Marcos

Notícias e informações sobre os trabalhos da Prefeitura Municipal de São José dos Quatro Marcos - MT.
ouvidoria@saojosedosquatromarcos.mt.gov.br
3251-1955 / 3251-2110

Segunda a sexta: 7h às 13h

3251-1955 / 3251-2110

sd

Prefeitura Municipal inicia distribuição de calcário dolomítico para correção de solos da Agricultura Familiar

A Prefeitura Municipal de São José dos Quatro Marcos, através da Secretaria Municipal de Fomento Agropecuário, Indústria e Comércio (SEFAICO) realizou no dia 08 de outubro a primeira entrega de calcário doado pelo Governo de Mato Grosso, através da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SEAF/MT) na Unidade Técnica do Crédito Fundiário Santa Rosa.

Foram doadas 500 toneladas de calcário dolomítico pelo Programa MT Produtivo, via Programa Mais MT. O calcário é um fertilizante usado para realizar a correção da acidez do solo, também chamada de calagem. O corretivo pode ser classificado em cálcitico, dolomítico e magnesiano.

A distribuição do calcário para os agricultores familiares visa garantir a realização da correção dos solos, possibilitando, assim, o aumento da produtividade, da produção e a renda agropecuária das propriedades rurais.

O produto será fornecido pela empresa Calcário Império, com jazida localizada as margens da BR 70 no município de Mirassol D´Oeste-MT. O transporte do insumo agrícola está sendo feito pela Prefeitura Municipal, após contratação de serviços de empresa especializada de transporte.

A distribuição do calcário para os produtores rurais da Agricultura Familiar compõe o Programa Municipal Solo Bom, que visa promover a melhoria da fertilidade dos solos do município. Parte das 500 toneladas já foram depositados na frente da área da antiga CASEMAT.

A distribuição será realizada pela Prefeitura em parceria com as Associações Rurais e dos agricultores beneficiados das comunidades e assentamentos rurais. Para orientar a aplicação correta do insumo agrícola, a Prefeitura também está disponibilizando serviços de apoio na coleta de amostras de solo, doação de 01 (uma) análise química física de solo, recomendação de calagem e adubação. Os produtores poderão ser atendidos com até 10 toneladas.

Serão priorizados os agricultores familiares que já realizaram suas análises de solo, fornecedores do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) e do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), horticultores feirantes e assistidos pelo projeto de ATEG em Bovinocultura de Leite e Horticultura do SENAR/MT e Unidade de Referência Tecnológica de capineiras, café, banana, abacaxi e outras a serem instaladas em parceria com a EMPAER/MT.