logo

Prefeitura de São José dos Quatro Marcos

Notícias e informações sobre os trabalhos da Prefeitura Municipal de São José dos Quatro Marcos - MT.
ouvidoria@saojosedosquatromarcos.mt.gov.br
3251-1955 / 3251-2110

Atendimento das 07:00 as 13:00

Tel.: 3251-1955 / 3251-2110

 

Prefeito Carlos Bianchi decreta Situação de Emergência devido as fortes chuvas em Quatro Marcos

         O prefeito de São José dos Quatro Marcos, Carlos Roberto Bianchi, decretou situação de emergência no município, devido às intensas chuvas que caíram durante as últimas semanas. A medida foi confirmada pelo secretário de Administração, o vice-prefeito Ronaldo Floreano.

         “Fomos obrigados a decretar Estado de Emergência haja visto o volume de chuvas que caíram no município, desta vez não só na zona rural, mas também na zona urbana”, informou que em vários bairros casas foram alagadas e algumas parcialmente destruídas, com mobiliários perdidos.

         O vice-prefeito apontou a necessidade do decreto  “Estado de Emergência”, buscando a recuperação imediata dos danos causados pelas as chuvas.  “Dez pontes tiveram sua estrutura comprometida, várias aterros danificados, galerias destruídas, com algumas vias ainda intransitáveis”, disse que foram atingidas as comunidades Ressaca, Caité, Lagoa São José, Barra Clara, Assentamentos Florestan Fernandes, Irmã Dorathy  e Chico Mendes, o distrito de Santa Fé, Florada da Serra, Córrego do Ouro e Água Limpa. “Praticamente todas as regiões do município como um todo tiveram pequenos, médios ou grandes danos causados pelas chuvas”, afirmou.

         Floriano informou que foi finalizado um levantamento minucioso, que aponta um prejuízo de aproximadamente R$ 6 milhões. “Será feita apresentação também ao Governo do Estado de Mato Grosso, o qual no ano passado foi parceiro e ajudou a construir algumas pontes, bueiros e aterros e, aguardamos também parecer da Defesa Civil Nacional, para que o município possa buscar alternativas emergenciais para consertar os principais danos ocasionados pelas chuvas”, disse.

         O secretário de Administração lembrou que no ano passado, o município passou pela mesma situação com prejuízos da ordem de R$ 9,8 milhões de reais.  “ Todo o trabalho feito resultou na liberação de R$ 3,5 milhões por parte da Defesa Civil Nacional, no qual foram divididos em três etapas,  a primeira etapa está sendo finalizada com a construção das quatro primeiras pontes de concreto e até o final do ano, as outras seis pontes estarão construídas”, frisou.

Arquivos

Arquivo Formato Ação
classificacao-do-processo-seletivo-prestacao-de-servico-assistencia-social-23. pdf Baixar | Abrir